segunda-feira, 27 de abril de 2009

Mauro Nogueira na Padoca!

Nesta última sexta-feira (24/04) Mauro Nogueira da ACervA Carioca, O Cara que ensinou Marco e, consequentemente, eu, esteve na Padoca com sua preciosa e poderosa Hop Wine.
Eu já o conhecia e já o tinha como um grande amigo, muito gente boa, sempre disposto a ajudar o movimento cervejeiro crescer!

Cleo servindo uma Hop Wine

A Hop Wine é provavelmente a cerveja mais lupulada já feita no Brasil, com mais de 100 IBU e muito aroma de lúpulo. Possui ainda poderosos 11.7% de álcool e foi feita com o malte Maris Otter.
A Padoca estava cheia e o pessoal da ACervA Catarinense apareceu em peso com suas cervejas. Segundo o Ricardo Panarotto, sim ele é irmão dos Repolho, as cervejas que participaram foram:
  • Bohemian Pilsner e Helles bock (Tonera)
  • Witbier Traíra(Max)
  • Strong Golden Ale e Porter (Opus)
  • Rauchbier (Gustavo)
  • Rauchbier Maria Fulô (Panarotto, Alysson e Luciano)
  • Hop Wine e Weiss (Mauro - ACervA Carioca)
  • Pilsen (gurizada nova não lembramos o nome)
  • Dunkel (Eisenbahn)
  • Irish Red Ale da Totus Tuus (Anastácio e Pardal)
Se não tá na lista manda um email que a gente arruma. Seguem algumas fotos:

Mauro, Junior, Lu e o Tonera ali atrás

Mauro e Murilo (meio passado já :D)

Tonera, Max e Mauro

Em pé: Luciano, Mauro, Alysson, Gustavo e Max
Murilo no meio, Panaroto de camisa verde e o Tonera mais abaixado

No fundo: Reinoldo, Luciano, Gustavo, Mauro, Max, Murilo, Junior
As mulheres: Fabiana, Lu
Panaroto fazendo graça. Alysson e Tonera abaixados
e tem parte das cabeças do mais novo casal cervejeiro que o Anastácio
está doutrinando. Assim que levarem uma cerveja aparecem por completo na foto :D


Foi muito legal mesmo e mais uma sexta inesquecível, pena que o Marco não estava por aqui. Mas ele deve tomar uma no Rio antes de voltar para Floripa com o Mauro em pessoa.
É isso ai, próxima sexta tem mais!

Cheers,

Murilo

6 comentários:

Max disse...

Realmente foi uma noite para ficar na história da Acerva Catarinense,
Boas cervejas, bons amigos....
Inesquecível

Mauro Nogueira disse...

Murilo, muito maneiro o post !! Obrigado por tudo ! Vou encaminhar pra galera daqui, pra eles ficarem com inveja da bagunça de vocês... rss
Atenção, galera, para a foto em que eu apareço só com o Murilo. Dá um zoom no pescoço dele, que dá pra ver a chapinha carimbada da "cerveja atômica da gurizada nova que não lembro o nome". Surreal aquela explosão e mais ainda o desenho perfeito que ficou no pescoço do Murilo... rsss Ainda bem que o saldo foram só mais um tanto de boas risadas...
As anotações da Lu tinham as seguintes cervejas:

Heller Bock (dupla decocção) do Tonera
Oktoberfest do Tonera
Rauchbier com 100% de malte defumado do Gustavo (lembra a Schelenkerla) tem menos de 4%
A Wit Traíra do Max com semente de coentro, limão siciliano, noz moscada e macela
A Rauchbier do Ricardo Panarotto
Opus do Marco e Murilo
Tcheca Pilsen do Tonera
Strong Golden Ale do Murilo

Me chamaram atenção todas as lagers do Tonera. O cara tá sinistro em lager... Dupla, tripla decocção ... Acho que vou desistir de competir na categoria Traditional Bock.
A Wit do Max é uma das cervejas mais perfeitas que já tomei. Impressionante pela complexidade, adequação ao estilo e harmonia dos vários ingredientes usados, sem que um se sobressaia ao outro e a sorte (só pode ser sorte, pô !!) no sucesso com as inovações como o uso do limão siciliano.
A Rauch do Gustavo também me chamou atenção pela ousada fermentação com o Nottingham em temperatura ambiente e o resultado de uma cerveja seca, nem parece uma ale. Foda !
Bom. Não quero cometer injustiças. As cervas estavam de um nível altíssimo. Não sei se o Marco vai encontrar algo parecido aqui...
Abraços,

Mauro.

Murilo Foltran disse...

Valeu Mauro! Obrigado por ter comparecido e ter "achado" a marca da tampinha! :D

Agora, você não devia ter falado tão bem da cerveja do Max, agora ninguém aguenta ele por aqui mais! Sabe que a "enciclopédia" não é fácil né? :P

Obrigado por ter aparecido e se Deus quiser nos vemos na Brasil Brau.

Cheers

ligia marina disse...

Mauro gostaria de saber se vc é filho de Claudete...?

Mauro Nogueira disse...

Sou não, ligia.

Mauro disse...

E aí Mauro. Um amigo me mandou esse link me perguntando se eu frabicava cerveja, porque meu nome também é Mauro Nogueira... essa foi boa.....sou do Rio de Janeiro.
Um Abração xará e sucesso aí nas tuas empreitadas cervejísticas....
Mauro Nogueira